Header Ads

Secretária de Saúde fala sobre polêmica gerada por um pneu estourado.

O pneu furado de um veículo da frota municipal que transportava pacientes de Bananal para cidades do Vale do Paraíba causou grande polêmica na cidade e nas redes sociais.


Segundo relatos dos passageiros e de alguns de seus familiares, o veículo estaria com pneu sem condições de rodar e estourou quando retornava de Taubaté e estava prestes a entrar em Lorena para pegar outros pacientes deixados lá para consultar.

Ainda segundo esses relatos, o motorista não conseguiu trocar o pneu e todos vararam a madrugada em um posto da rodovia Presidente Dutra, sem lanche e esperando horas até que fosse providenciado o retorno para Bananal. Eles só chegaram aqui, quase 12 horas depois de terem saído para as consultas. Dentre os pacientes, uma senhora recém operada e pessoas com perna engessada ou enfaixada.

A demora causou apreensão nos familiares dos pacientes e revolta com a condição a que eles ficaram submetidos à beira da estrada na Via Dutra e o susto pelo estouro de um pneu, deixando uma sensação de insegurança para todos. O caso repercutiu amplamente na cidade e foi um dos principais assuntos da Sessão de Câmara realizada naquela noite.

A Prefeitura publicou foto dos pneus do microônibus, incluindo o pneu estourado, alegando que tudo não passou de um incidente e os passageiros tiveram assistência e lanches durante a longa espera até que a seguradora do veículo providenciasse transportes de retorno a Bananal.

A Secretária de Saúde de Bananal, Sarah Bruno, compareceu ao Jornal da Estância no dia 20 de setembro para falar sobre o incidente e seus desdobramentos, esclarecendo as circunstâncias do episódio e a assistência prestada pela Prefeitura aos passageiros.



Ao longo da entrevista, Sarah Bruno respondeu a pronunciamentos feitos pelos vereadores em Sessão de Câmara. Inicialmente respondeu sobre terceirização e humanização no transporte de pacientes,  acrescentando considerações didáticas sobre a condução de sua pasta e convênios firmados para a prestação dos serviços em saúde.



Na sequência, a Secretária explicou questionamento vindo da Câmara sobre a utilização de um veículo da área de educação pelo setor de saúde. Também detalhou números relativos ao convênio com o Instituto Vale Saúde (IVS) e relatou as dificuldades e a forma de distribuição de medicamentos. 



Ao final, a Secretária discorreu sobre a conduta dos motoristas ante a condição dos veículos antes de trafegar, o agendamento de consultas e a importância de se estar preparado para enfrentar imprevistos.  



Sarah Bruno com David Uip, Secretário de Saúde do Estado de São Paulo.

Jornal da Estância. Tecnologia do Blogger.